Select Page

Ao longo de dez anos, a empresa Prudential fez uma pesquisa para estudar as experiências financeira das mulheres, dados deste estudo mostraram que desde a crise financeira de 2008, as mulheres melhoraram significativamente seu comportamento financeiro. Ainda assim, muitas ainda admitem falta de conhecimento ou compreensão de produtos financeiros sofisticados.

Esta falta de conhecimento faz com que mais de 50% das mulheres dependam de outra pessoa para tomar decisões financeiras para seu futuro. Por outro lado, o estudo quebra diversos mitos sobre comportamento financeiro feminino, melhorando a imagem dos hábitos das mulheres quando o assunto é dinheiro.

Seguem quatro equívocos comuns sobre o comportamento financeiro das mulheres:

1. Mulheres são compradoras impulsivas

Um dos equívocos mais comuns é de que as mulheres gastam demais por impulso. Dados da pesquisa mostram que geralmente, as compras de última hora chamadas de “compras impulsivas” são feitas usando fundos já separados do orçamento para esta finalidade. A maioria das entrevistadas (70%) disse gastar conforme necessidade, ao invés de vontade.

2. Mulheres não sabem administrar dinheiro

A maioria das pessoas não entende gerenciamento de dinheiro por completo – mas isso é um problema para ambos os sexos, e não exclusivo das meninas. No entanto, a maioria das mulheres diz não confiar em terceirizar esta função para um profissional financeiro – seis a cada dez entrevistadas preferem receber ajuda de familiares e amigos. Diferente dos homens, que preferem buscar ajuda fora do círculo familiar e de amizades.

3. Mulheres não sabem como planejar a aposentadoria

Desde a crise de 2008, a compreensão de planos de aposentadoria entre mulheres teve uma melhora significativa, entre 47% a 72% das entrevistadas. Enquanto muitas mulheres ainda têm que aprender mais sobre planejamento para a aposentadoria, a maioria das entrevistadas disseram enxergar um progresso em sua compreensão de planos de aposentadoria.

Como as mulheres cada vez mais estão se tornando chefes de família, acumulando cada vez mais renda, os comportamentos financeiros e compreensão de gerenciamento de dinheiro vai, sem dúvida, continuar a evoluir.

4. Mulheres não tomam decisões financeiras em suas famílias

A crença de que mulheres não tomam decisões financeiras é completamente defasada e errônea, de acordo com os dados. A pesquisa mostrou que 95% das mulheres se consideram tomadoras de decisões financeiras (dentro de suas famílias), e 85% das mulheres casadas disseram gerenciar sozinhas as decisões financeiras da família, ou juntamente com seus cônjuges. Isto significa que as mulheres de hoje estão desenvolvendo (ou, em muitos casos, já desenvolveram) um entendimento bem mais minucioso de finanças pessoais e investimentos, em comparação a gerações anteriores.

E você, ainda acredita em algum destes mitos sobre mulheres?